sábado, 18 de abril de 2009

João Batista e seu movimento underground


O tumulto político na Palestina, data de centenas de anos antes de Jesus, e sem entender um pouco dessa história, fica fácil tratar Jesus como apenas uma figura icônica e não um ser humano real com ensinamentos e política para todos nós.

Herodes, O Grande , que eventualmente ganhou o título REI DOS JUDEUS, era um rei meio Judeu, que derramou sangue por toda terra, através da escravidão massacres e guerras. Ele não era bem amado especialmente pelos Judeus. Herodes matou seus próprios filhos. Após sua morte, os 3 filhos sobreviventes lutaram pelo trono, e o povo Judeu novamente estava preso em uma bagunça real.

O Rei Antipas( filho do Rei Herodes) acabou dispensando sua esposa e casando com a mulher de seu irmão. João Batista, primo de Jesus, tinha algumas coisas a falar sobre isso – as escrituras registram a sua crítica sobre a ostentação de Herodes ( Mateus 14:3 a 5) . João questionou todo estabelecimento e pessoas se ajutantavam com ele no deserto. João era o novo Êxodos. Ele convidava as pessoas dos centros da civilização pra virem ao deserto, às margens para encontrar a Deus. Todos os sonhos de Roma foram feitos irrelevantes enquanto ele comia gafanhoto e fazia suas roupas com pele de camelo. E as pessoas não iam ao deserto apenas pra fugir do mundo, eles iam ao deserto para salvar o mundo.

Como elas eram para os ancestrais de João no deserto, fora das terras do Faraó, as margens do império não eram apenas um meio, mas também o vórtex do Reino de Deus. Pessoas iam para o deserto para tirar Roma de dentro delas, se purgando do Império e vendo o mundo despido da fabricação da civilização. Até os coletores de impostos e soldados, os ricos e os poderosos protetores do Império, deixavam os centros da civilização para encontrar Deus nas margens. E João pregava “Arrependei-vos”, uma mensagem mais forte do que um neon preso numa parede. Era um convite radical a repensar a maneira que vivemos. Pode ser traduzido por “Mude sua mente”, “Repense sua vida”, “Pense em como você pensa”, ou “Mude sua vida completamente”. Esse convite afeta tudo que somos e possuímos. Junto com esse convite ele disse aos que tinham dois casacos para compartilhar um com o estranho que sente frio.

As Escrituras dizem que Herodes queria matar João, mas tinha medo porque as pessoas o consideravam um profeta. João tinha um movimento underground e tanto de comedores de gafanhotos e vestidos de pele de camelo revolucionários no deserto. O historiador Josefus diz, “Herodes, que temia a grande influencia que João tinha sobre as pessoas, temia uma rebelião (pois as pessoas pareciam inclinadas a fazer qualquer coisa que ele alertasse) e achou melhor o matar, para prevenir qualquer dano que ele pudesse causar.

Fonte:Solomon

2 comentários:

Luiz Pug@s disse...

É sempre bom renovar a nossa mente! Ler pequenas matérias como esta nos faz sim entender o nosso chamado para levar a palavra underground pregada por Jesus aos nossos semelhantes que perecem neste mundo. Valeu!

Johnnÿ Grinder disse...

Matéria maravilhosa, Que Deus os abençoe!