sábado, 4 de setembro de 2010

Nergal do Behemoth é diagnosticado com leucemia

Líder da banda faz comentários sobre ser ajudado pela fé cristã
Foi confirmado clinicamente que Nergal, vocalista da banda de Death Metal polonesa BEHEMOTH, tem leucemia (um tipo de câncer). De acordo com o que foi divulgado, o estágio da doença já é avançado, sendo que o tratamento por quimioterapia já não surtiria efeito. A única cura seria um transplante de medula óssea. A noiva de Nergal, Doda, já fez a doação da sua medula, entretanto ainda não se sabe se é compatível.

Diante disso, Nergal, soltou uma nota falando sobre o problema e sobre boatos de que ele poderia estar aberto à orações cristãs pela sua cura. Veja:

Eu não pretendia manifestar-me de forma alguma e, especialmente, nesta fase, para compartilhar meus sentimentos ou qualquer outra notícia com o mundo por razões óbvias. É demasiado cedo para isso. Mas foram vocês quem me provocaram a dizer algumas palavras. Quanto a minha opinião pessoal de ruim sobre a humanidade, eu estou chocado com a reação sobre minha doença. Eu realmente não esperava NADA, mas o que tenho recebido de resposta superou todas as expectativas. Quero assegurar-lhes que eu leio cada e-mail que recebo, embora seja incapaz de responder a todos eles. O poder de suas palavras é pura magia e eu agradeço a todos por isso. Vocês são um gigantesco exército indestrutível que realmente me inspira neste momento difícil. O fato é que uma luta com esta doença vai durar por muitos meses. A maior parte deste tempo eu vou passar no hospital e eu vou passar por vários estados psicofísicos. Se você conhece a história do BEHEMOTH, você também sabe que nós conseguimos tudo com trabalho duro e determinação férrea. O mesmo se passa para a minha vida privada. Acontece que eu sou um filho da puta forte. Eu não tenho fé, mas confio em uma vitória de 100% e tenho certeza de que sairei dela mais forte do que nunca. Sun Tzu, em seu "Arte da Guerra" disse que, se você conhece o inimigo e a si mesmo o resultado de mil batalhas não vai surpreendê-lo... Eu entro no ringue com esta atitude nietzschiana e vou deixá-lo como um vencedor, como de costume. Basta esperar e verão!

Então, eu quero enfatizar que BEHEMOTH não atravessará todo um estado de hibernação. Obviamente, todos os planos de concerto devem ser adiados até certo ponto desconhecido no futuro, mas as coisas estão acontecendo! Ultimamente o nosso novo vídeo para "...Alas, Lord is Upon Me" estreou e agitou bastante, causando uma tempestade nos meios de comunicação de massa, o que nos enche de orgulho total. Além disso, nós acabamos de terminar o projeto do nosso novo DVD, "Evangelia Heretika" em uma versão de três discos, uma enciclopédia real do BEHEMOTH com quase cinco horas de material e um bônus de CD de áudio que será lançado em novembro (Metal Blade E.U.A. - Nuclear Blast Europa). Espere uma experiência visual de loucura como nós fomos de volta ao inferno para fazê-lo! Nossa Webstore oficial está funcional a poucos dias, e produtos oficiais e algumas coisas muito exclusivas podem ser compradas lá. No início de 2011, Peaceville na Europa e Metal Blade em E.U.A. reeditará os EPs com novas capas, bônus, notas e muito mais. Como você pode ver, apesar de uma situação complicada e circunstâncias difíceis que estamos restantes ativos sempre que podemos.

Finalmente, quero comentar algumas opiniões que, provocadas por círculos religiosos, levaram a interpretações imprecisas. Fiquei surpreso ao ouvir que minha doença se tornou um pretexto para algumas pessoas embarcarem em sua própria cruzada. Opiniões sugerindo que eu poderia me aproximar de Deus ou abandonar meus ideais e rastejar para a visão de mundo única e correta neste país, não só surpreendeu, mas também me assustou. Este é um exemplo típico de como apoiar próprios pontos de vista da pessoa, predando a infelicidade de alguém. "Ele ficou doente, por isso ele vai se converter ao cristianismo, ele vai descobrir a religião que ele lutou contra." Alto lá! Por que a doença deve mudar meu ponto de vista? É verdade este é um momento difícil para mim e os pensamentos das questões finais são difíceis de se afugentar. Mas a idéia de que vou mudar minhas opiniões, prioridades e valores, como consequência da minha doença, soa como se fosse a minha mente, e não o meu corpo, que estivesse doente. Boatos de que eu possa me converter são ridículos. Para o que eu converteria? Afinal, eu sei muito bem a mitologia cristã, não só na sua versão literária, e não acho nada de bom, criativo ou bonito nela. Eu li livros melhores e mais sábios do que a Bíblia. Guerra, sangue, chantagem, violações, incesto, pedofilia, zoofilia, colaboração e traição - cada página emana o mal. Alguns podem dizer que eu não entendi a mensagem da Bíblia. Eu prefiro dizer que o cristianismo não é nada mais do que uma estrutura arcaica e enferrujada que vai cair a qualquer momento. Ele dura apenas por causa dos crédulos que seguem cegamente o pastor, sem qualquer dúvida, sem qualquer consideração, rumo não a qualquer terra prometida, mas a um massacre intelectual. Então, eu digo para aqueles que enxergam alguma chance de eu quebrar as minhas regras, por causa da doença: somente sobre o meu cadáver!

Fonte: WINPLASH - winplash.net

2 comentários:

LUIZ FERNANDO disse...

Boa Sorte.

Alfatitanio disse...

Engraçado pedir pra que orem pra ele se ele nao aceita Jesus como salvador de nada adianta.. Continue fazendo musica satanica adorando o inimigo de Deus e influenciando os jovens ao erro e vamos ver aonde tu vai parar.
Obs: Depois nao adianta lamentar!!